Busca

Quem procura acha!

Basta procurar que você irá encontrar

Categoria

Santificação

Na base da força

images

Há três dias pedi as minhas irmãs para ler Romanos e se possível na versão NTLH. Uma delas me recebeu bem, mas na minha pobre sabedoria: um pouco fria. A outra também e para a a última delas enviei uma mensagem para me ligar. Pouco tempo depois ela me ligou. Fiz o pedido e ela me perguntou se era só para isto que tinha pedido para ela me ligar. Fiquei bravo e perguntei se isto não era importante e encerrei a conversa.

Fiquei triste com todas elas, mas a última me irritou; por achar que as coisas de Quem  morreu por ela na cruz ‘não merecia que ela me ligasse’ “só” para isto.

Hoje 3a feira, liguei de novo para a ultima irmã citada acima;  ainda meio triste com ela. Aproveitei a instalação de um número de telefone novo em casa e liguei. Perguntei se tinha começado a ler Romanos e ela disse que não. Disse para ela aproveitar o tempo e ler. Ela me disse que estava aproveitando. Inclusive tinha acabado de chegar de um culto ritualista e acredito que com isto ela pensa que um tijolinho a mais estava garantido no céu. Insisti para se alimentar da Biblia e não de rituais e desliguei o telefone chateado.

Comentei com minha esposa e ela usada por Deus me deu o texto abaixo para eu traduzir e ler. E aprender como agir conforme a Bíblia nos ensina e não do jeito que eu acredito ser o certo.

Agora estou em paz e desejo mudar em como estou obedecendo a ordem de meu Rei Jesus Cristo do “IDE E PREGAI O EVANGELHO A TODA CRIATURA”

http://www.desiringgod.org/blog/posts/two-big-reasons-evangelism-isn-t-working 

Eu, Paulo, servo de Cristo Jesus, escrevo esta carta. Deus me chamou e me separou para ser seu apóstolo, a fim de que eu anuncie a boa notícia do evangelho de Deus.

SOBERBA – Raiz de toda cobiça

soberba

Soberba, também conhecido como Orgulho é o sentimento caracterizado pela pretensão de superioridade sobre as demais pessoas, levando a manifestações ostensivas de arrogância, POR VEZES SEM FUNDAMENTO ALGUM EM FATOS OU VARIÁVEIS REAIS. O termo provém do latim superbia.

A soberba atua na natureza humana provocando uma inversão do modelo criado por Deus, com isto o homem:

  1. Se torna egocêntrico
  2. Não busca a Deus como prioridade
  3. Enfrenta dificuldades em seus relacionamentos
  4. Pode sofrer duras disciplinas do Senhor
    • Tiago, Pedro e outros escritores da Bíblia nos ensina que a soberba é a origem da cobiça, que impede os crentes de ter uma vida mais plena com Deus
    • A Bíblia nos ensina que a soberba é a raiz de males que interferem na vida humana, distanciando o homem de Deus
    • Este provérbio aponta para a humildade, que é o único remédio contra a soberba
    • A humildade é a forma mais sábia de agir e retornar ao sadio relacionamento com Deus

 

soberba2“Certamente, ele escarnece dos escarnecedores, mas dá graça aos humildes“ Provérbios 3:34

“Semelhantemente vós jovens, sede sujeitos aos anciãos; e sede todos sujeitos uns aos outros, e revesti-vos de  humildade, porque Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes“ 1 Pedro 5:5

 “Antes, ele [DEUS] dá maior graça, pelo que diz: Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes“ Tiago 4.6

ÚNICO REMÉDIO: HUMILDADE

HUMILDADE

 

 

 

 

 

APLICAÇÃO PRÁTICA: 

“Nada façam por ambição egoísta ou por vaidade, mas humildemente considerem os outros superiores a si mesmos“  Filipenses 2:3

 CONCLUSÃO: 

A soberba deve ser combatida com a imitação da humildade de Cristo “E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz“ – Filipenses 2:8.

 

Perdão real – Tirando o peso da culpa 2

perdaoO apóstolo João escreveu sua carta para uma igreja mergulhada em heresias e correntes de pensamentos influenciadas por Platão. Para este filósofo de modo resumido, o que é físico é mau, e  o que é espiritual é bom. A Consequência, para alguns cristãos influenciados por esta ideia, é que Jesus não poderia ter encarnado, pois seria mau por contaminação do corpo.  Isso porém, significa ria que não houve sacrifício real. Por isso, João enfatizou seu testemunho e seu toque no corpo de Cristo. A consequência deste pensamento no homem é que pouco importava o que era feito no corpo, contanto que se cuidasse da alma. João acusou o erro e mostrou que negar a realidade do pecado no corpo é auto-engano, já que o Senhor Jesus está pronto a nos perdoar diante do arrependimento que conduz à confissão e pelo trabalho de nosso Advogado, que nos justifica diante do Pai.

Detalhe: não existe pecadinho ou pecadão. Tudo que desagrada ao nosso Rei Jesus Cristo é pecado. Um assassinato não é mais grave do que uma mentirinha contada, tudo é erro de alvo. É temer ou querer o mundo, a carne, é servir ao diabo que é pai da mentira e não respeitar ao Deus Vivo Criador.  “Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira”  João 8:44

A notícia maravilhosa, é  que se arrependermos, confessarmos; Jesus Cristo paga esta conta também paga gente, aliás, já está pago. Agora é produzir uvas boas, porque estamos ligados à videira (Jesus) e não uvas podres e outros tipos de frutos que não espelham o Espírito Santo que habita em nós.

Irmãos, deixemos de fábulas e historinhas de homens e tentativas do maligno de nos enganar. Lembre-se que a Bíblia nos informa: “E não é maravilha, porque o próprio Satanás se transfigura em anjo de luz” 2 Coríntios 11:14, ele pode se fingir de santo, fingir de bom e chegar a aparentar algo que seja quase perfeito. Mas só quase e para desviar o foco dos cristãos da verdadeira luz e perfeição Jesus Cristo. E com isto fazer coisas que para nós são sobrenaturais. Não se engane, Jesus nos alertou sobre isto, não precisamos de mais sobrenaturalidade, Jesus já nos mostrou seu poder sobrenatural, vencendo inclusive a própria morte por por mim e por você; aquela cruz era para mim e para você, lembre-se sempre disto!

Tenha foco e lembre-se mais ainda, o diabo não é rei do inferno com um tridente na mão como muitos pensam por ai. Ele no máximo pode ser rei da mentira. Nem existe guerra entre Cristo e o diabo, pois o diabo já foi destruído naquela cruz e  é uma criatura feita por Deus e está totalmente sob o controle de Cristo. Não há páreo ou qualquer um que possa combater  Deus. O diabo já está destruído e quer levar muitos com ele para o fogo eterno.

E para finalizar, não esqueça da grande promessa feita à mim e a você e que nos faz resistir ao mundo, à carne e ao diabo: “E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo, Assim também Cristo, oferecendo-se uma vez para tirar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o esperam para salvação” Hebreus 9:27-28

Eu o aguardo com muita alegria, tenho fome e sede de ser justo e da graça de Jesus e por isto, digo vêm, vêm Senhor Jesus nos levar para casa, como é sua promessa:

“Eu, Jesus, enviei o meu anjo, para vos testificar estas coisas nas igrejas. Eu sou a raiz e a geração de Davi, a resplandecente estrela da manhã. E o Espírito e a esposa dizem: Vem. E quem ouve, diga: Vem. E quem tem sede, venha; e quem quiser, tome de graça da água da vida. Apocalipse 22:16-17

Oração: Senhor Jesus, obrigado pelo seu imenso amor por nós, só o Senhor na sua grandeza e poder poderia de fato pagar aquela nota promissória, que para nós não teria como ser paga e resultado de nossos pecados. Aba; Paizinho, pedimos que continue a ter sua enorme misericórdia sobre nós e nos livre do maligno e seus anjos, que coloca o mundo contra seus filhos, acusando-os de fanáticos religiosos e provocando tentações mudanças na tentativa de desviar nossos olhos do Senhor. Mas nosso advogado e Senhor dos Exércitos é o Senhor e quanto aos seus amados, sabemos que o maligno não nos toca. Obrigado por tudo isto, e vêm Senhor Jesus Cristo nos levar para casa.  Em nome de Jesus oramos e agradecemos.volta cristo

.

CRISTO MORREU PARA NOS LIBERTAR DA ESCRAVIDÃO DO PECADO

A luta continua

Àquele que nos ama, e, pelo seu sangue, nos libertou dos nossos pecados, e nos constituiu reino, sacerdotes para o  seu Deus e Pai, a ele a glória e o domínio pelos séculos dos séculos. Amém! (Apocalipse 1.5-6)

Jesus, para santificar o povo, pelo seu próprio sangue, sofreu fora da porta. (Hebreus 13.12)

Nosso pecado nos estraga de duas formas. Ele nos torna culpados diante de Deus  de forma que ficamos sob sua justa condenação; ele torna nosso comportamento feio, de  modo a desfigurar a imagem de Deus que deveríamos refletir. Ele nos condena com a  culpa, e nos escraviza com falta de amor.  O sangue de Jesus nos liberta de ambas as desgraças. Satisfaz a justiça de Deus,  fazendo com que nossos pecados sejam perdoados com justiça. Vence o poder do pecado de nos tornar escravos da falta de amor. Vimos como Cristo absorve a ira de Deus e retira nossa culpa. Mas agora, como o sangue de Cristo nos liberta da escravidão do pecado?  A resposta não é que ele seja poderoso exemplo que nos inspire a nos libertar do egoísmo. Ah, sim, Jesus é um exemplo para nós. E muito poderoso. Ele deseja claramente que o imitemos: “Novo mandamento vos dou: que vos ameis uns aos outros; assim como eu vos amei, que também vos ameis uns aos outros” (Jo 13.34). Mas o chamado para imitá-lo não é o poder da libertação. Existe algo mais profundo.  O pecado é uma influência tão poderosa em nossa vida que precisamos ser libertos pelo poder de Deus, não por nossa força de vontade. Como somos pecadores,  temos de perguntar, “Será que o poder de Deus é dirigido para a nossa libertação ou para nossa  condenação?” É aí que entra o sofrimento de Cristo. Quando Cristo morreu para remover nossa condenação, ele como que abriu a válvula da misericórdia poderosa do céu para que fluísse em prol da nossa libertação do poder do pecado.

Noutras palavras, a libertação da culpa do pecado e da ira de Deus teve de anteceder a libertação do poder do pecado pela misericórdia de Deus. As palavras bíblicas cruciais para dizer isso são: a justificação precede e garante a santificação. São diferentes. Uma é uma declaração instantânea (não culpado!), a outra é uma transformação contínua. Ora, para aqueles que confiam em Cristo, o poder de Deus não está a serviço de sua ira condenatória, mas sua misericórdia libertadora. Deus nos dá esse poder para a transformação mediante a pessoa de seu Espírito Santo. É por essa razão que a beleza de …. amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio. são chamados de “fruto do Espírito” (Gl 5.22-23). É por esta razão que a Bíblia faz a surpreendente promessa: “o pecado não terá domínio sobre vós; pois não estais debaixo da lei, e sim da graça” (Rm 6.14). Estar sob a graça assegura o poder onipotente de Deus de destruir nossa falta de amor (não de repente, mas de maneira progressiva). Não somos passivos ao vencer nosso egoísmo, mas também não vem de nós o poder decisivo para tanto. É graça de Deus. Assim, o grande apóstolo Paulo podia dizer: “Trabalhei muito mais do que todos eles; todavia, não eu, mas a graça de Deus comigo” (1Co 15.10). Que o Deus de toda graça, pela fé em Cristo, nos liberte da culpa e da escravidão do pecado.

A paixão de Cristo, John Piper, Editora Cultura Cristã

REVISTA PALAVRA VIVA – O MUNDO, A CARNE E O DIABO
Apoio didático – Lição 8

 

o diabo: resisti a ele e ele fugirá de vós.

Não deis lugar ao diabo. Efésios 4:272a-armadura-de-deus

Diferente do que muitos pensam o diabo não é o rei do inferno, o inferno foi feito para ele queimar na eternidade.

Então:

Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo. Efésios 6:11

Não deis lugar ao diabo. Efésios 4:27

Preste bastante atenção no que Tiago, irmão de Jesus, nos ensina na Bíblia. O diabo já está vencido por Jesus Cristo naquela cruz e se você é nascido de novo o diabo não lhe toca (1João 5:18)

Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós. Tiago 4:7

 

Satanás como acusador

videiraToda a iniqüidade é pecado, e há pecado que não é para morte. Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não peca; mas o que de Deus é gerado conserva-se a si mesmo, e o maligno não lhe toca. Sabemos que somos de Deus, e que todo o mundo está no maligno. 1 João 5:17-19

 

Satanás nos acusa diante de Deus, procurando nos oprimir com nossos próprios pecados, mas o perdão gracioso de Cristo é maior que a ira do diabo. Em Cristo, temos o perdão pelos nossos pecados e a vitória sobre satanás e seus ardis.

A pessoa peca e o diabo a acusa veemente, fazendo com que se sinta culpada e desanimada, incapaz de reagir. Chega a pensar que realmente não tem jeito para si mesmo. As vezes, o diabo usa até mesmo amigos e pessoas próximas para fazer esse trabalho de acusação, procurando afastá-la e destruí-la. No evangelho, porém, aprendemos que somos perdoados em Cristo e que esse perdão é maior que o nosso pecado. Na verdade “onde abundou o pecado, superabundou a graça” (Rm. 5:20).

Então, não se deixa abalar. Caiu? Levante-se e comece de novo, assaltou a geladeira na sua briga quanto ao seu peso? Comece o regime novamente. Pecou? Arrependa-se e peça perdão a Cristo que é fiel para nos perdoar. Quem está em você é muito maior do que quem está no Mundo; o Espírito Santo do Deus Vivo é que vive em você e lhe dá a alegria da salvação que ninguém pode lhe tomar. Pois, pertence a Cristo, Ele o comprou, pagou e o lavou com seu sangue.

Oração: Senhor, obrigado pela sua grandeza, pela sua infinita misericórdia, por ter me salvado e pela sua eternidade. Levante e nos sustente em nossas quedas. Em nome de Jesus lhe pedimos e já agradecemos, porque sabemos que está sempre conosco. Amém

 

 

 

Domínio Próprio

dominioproprioDOMÍNIO PRÓPRIO

“Como cidade derribada, que não tem muros, assim é o homem que não tem domínio próprio.” (Provérbios 25.28)

Antigamente, os muros de uma cidade era sua defesa principal; sem eles, a cidade era presa fácil para seus inimigos. Para o piedoso Neemias, um cativo judeu na distante cidade de Susa, a notícia de que o muro de Jerusalém foi derrubado significou a última destruição da sua cidade amada. Quando soube disso, se sentou e chorou.

Domínio próprio é o muro de defesa do cristão contra o desejo pecaminoso que trava guerra contra sua alma. Charles Bridges observou que alguém sem domínio próprio é presa fácil para o invasor: Ele se rende ao primeiro ataque das suas paixões desgovernadas, não oferecendo nenhuma resistência… Não tendo nenhuma disciplina sobre si mesmo, a tentação torna-se a ocasião do pecado e o impele em um espaço de tempo que não havia considerado… Ira tende a assassinato. O descuido com a luxuria perde-se em adultério. Domínio próprio é o controle não apenas dessas paixões, mas (continuar lendo…)

O fermento dos fariseus – Parte 1

fermento‘Por toda parte se ouve que há imoralidade entre vocês, imoralidade que não ocorre nem entre os pagãos, a ponto de alguém de vocês possuir a mulher de seu pai. E vocês estão orgulhosos! Não deviam, porém, estar cheios de tristeza e expulsar da comunhão aquele que fez isso? Apesar de eu não estar presente fisicamente, estou com vocês em espírito. E já condenei aquele que fez isso, como se estivesse presente. Quando vocês estiverem reunidos em nome de nosso Senhor Jesus, estando eu com vocês em espírito, estando presente também o poder de nosso Senhor Jesus Cristo, entreguem esse homem a Satanás, para que o corpo seja destruído, e seu espírito seja salvo no dia do Senhor. O orgulho de vocês não é bom. Vocês não sabem que um pouco de fermento faz toda a massa ficar fermentada? Livrem-se do fermento velho, para que sejam massa nova e sem fermento, como realmente são. Pois Cristo, nosso Cordeiro pascal, foi sacrificado. Por isso, celebremos a festa, não com o fermento velho, nem com o fermento da maldade e da perversidade, mas com os pães sem fermento da sinceridade e da verdade. Já lhes disse por carta que vocês não devem associar-se com pessoas imorais. Com isso não me refiro aos imorais deste mundo, nem aos avarentos, aos ladrões ou aos idólatras. Se assim fosse, vocês precisariam sair deste mundo. Mas agora estou lhes escrevendo que não devem associar-se com qualquer que, dizendo-se irmão, seja imoral, avarento, idólatra, caluniador, alcoólatra ou ladrão. Com tais pessoas vocês nem devem comer. Pois, como haveria eu de julgar os de fora da igreja? Não devem vocês julgar os que estão dentro? Deus julgará os de fora. “Expulsem esse perverso do meio de vocês”‘. 1 Coríntios 5:1-13

“Acautelai-vos”. Este é um aviso alarmante. O simples aviso “cuidado com o cão” é suficiente para nos deixar em alerta, procurando por ele ou para nos fazer recuar. Um aviso de perigo nos faz interromper nossa trajetória porque menciona um perigo que pode nos causar danos ou mesmo nos tirar a vida. “Acautelai-vos” foi a palavra que Jesus usou para despertar nos discípulos [e em nós seus servos] a vigilância contra um perigo mortal. Ele nos ordenou que tivéssemos o máximo de cuidado com o fermento dos fariseus. Mas você sabe o que é isto? Sabe como evitá-lo? Nesta semana vamos discutir sobre isto e convidamos você a participar conosco, acompanhando nossos posts.

Oração de hoje: “Pai amado obrigado por nos avisar sobre os perigos que nos rodeiam. Pedimos que nos livre deles, do maligno e de seus anjos, pois o mundo, a carne e o diabo, nos atacam com frequência e são nossos maiores inimigos. Ensina-nos a glorificar o Seu Nome com nossas ações e ao resistir à este mundo, à carne e ao Diabo. Porque temos certeza que não só a salvação que nos destes está diante de Ti; como todos estes inimigos que já estão destruídos em Teu Nome.  Em nome de Jesus oramos e agradecemos”. Amém.

                                                                                                “Sejam sóbrios e vigiem. O diabo, o inimigo de vocês, anda ao redor como leão, rugindo e procurando a quem possa devorar.”
1 Pedro 5:8

Não adianta remendar, tem que trocar de roupa!

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: