Busca

Quem procura acha!

Basta procurar que você irá encontrar

Tag

brasa

Brasa fora da fogueira se apaga

Amor aos irmãos da igreja

Anúncios

O fermento dos fariseus – Parte 1

fermento‘Por toda parte se ouve que há imoralidade entre vocês, imoralidade que não ocorre nem entre os pagãos, a ponto de alguém de vocês possuir a mulher de seu pai. E vocês estão orgulhosos! Não deviam, porém, estar cheios de tristeza e expulsar da comunhão aquele que fez isso? Apesar de eu não estar presente fisicamente, estou com vocês em espírito. E já condenei aquele que fez isso, como se estivesse presente. Quando vocês estiverem reunidos em nome de nosso Senhor Jesus, estando eu com vocês em espírito, estando presente também o poder de nosso Senhor Jesus Cristo, entreguem esse homem a Satanás, para que o corpo seja destruído, e seu espírito seja salvo no dia do Senhor. O orgulho de vocês não é bom. Vocês não sabem que um pouco de fermento faz toda a massa ficar fermentada? Livrem-se do fermento velho, para que sejam massa nova e sem fermento, como realmente são. Pois Cristo, nosso Cordeiro pascal, foi sacrificado. Por isso, celebremos a festa, não com o fermento velho, nem com o fermento da maldade e da perversidade, mas com os pães sem fermento da sinceridade e da verdade. Já lhes disse por carta que vocês não devem associar-se com pessoas imorais. Com isso não me refiro aos imorais deste mundo, nem aos avarentos, aos ladrões ou aos idólatras. Se assim fosse, vocês precisariam sair deste mundo. Mas agora estou lhes escrevendo que não devem associar-se com qualquer que, dizendo-se irmão, seja imoral, avarento, idólatra, caluniador, alcoólatra ou ladrão. Com tais pessoas vocês nem devem comer. Pois, como haveria eu de julgar os de fora da igreja? Não devem vocês julgar os que estão dentro? Deus julgará os de fora. “Expulsem esse perverso do meio de vocês”‘. 1 Coríntios 5:1-13

“Acautelai-vos”. Este é um aviso alarmante. O simples aviso “cuidado com o cão” é suficiente para nos deixar em alerta, procurando por ele ou para nos fazer recuar. Um aviso de perigo nos faz interromper nossa trajetória porque menciona um perigo que pode nos causar danos ou mesmo nos tirar a vida. “Acautelai-vos” foi a palavra que Jesus usou para despertar nos discípulos [e em nós seus servos] a vigilância contra um perigo mortal. Ele nos ordenou que tivéssemos o máximo de cuidado com o fermento dos fariseus. Mas você sabe o que é isto? Sabe como evitá-lo? Nesta semana vamos discutir sobre isto e convidamos você a participar conosco, acompanhando nossos posts.

Oração de hoje: “Pai amado obrigado por nos avisar sobre os perigos que nos rodeiam. Pedimos que nos livre deles, do maligno e de seus anjos, pois o mundo, a carne e o diabo, nos atacam com frequência e são nossos maiores inimigos. Ensina-nos a glorificar o Seu Nome com nossas ações e ao resistir à este mundo, à carne e ao Diabo. Porque temos certeza que não só a salvação que nos destes está diante de Ti; como todos estes inimigos que já estão destruídos em Teu Nome.  Em nome de Jesus oramos e agradecemos”. Amém.

                                                                                                “Sejam sóbrios e vigiem. O diabo, o inimigo de vocês, anda ao redor como leão, rugindo e procurando a quem possa devorar.”
1 Pedro 5:8

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: