vaidade

      Leitura de hoje:  “Justiça, misericórdia e humildade”        

                ‘Com que me apresentarei ao Senhor, e me inclinarei diante do Deus altíssimo? Apresentar-me-ei diante dele com holocaustos, com bezerros de um ano? Agradar-se-á o Senhor de milhares de carneiros, ou de dez mil ribeiros de azeite? Darei o meu primogênito pela minha transgressão, o fruto do meu ventre pelo pecado da minha alma? Ele te declarou, ó homem, o que é bom; e que é o que o Senhor pede de ti, senão que pratiques a justiça, e ames a benignidade, e andes humildemente com o teu Deus? Miquéias 6:6-8

A luta continua

O Objetivo da vida Cristã é buscar o reino de Deus e sua justiça!

Você já fez uma boa ação hoje?  Então marque a alternativa que corresponde à sua ação:

Sim, já coloquei mais um ‘tijolinho no céu’ para minha casa de lá
Ainda não fiz nenhum boa ação hoje
Sim, fiz para glória de Deus e para que o Senhor brilhe em mim

Antes de comentar qualquer coisa, preste bastante atenção no que Paulo nos ensina sobre boa ação (obras de homem), seja ela a dedicação de uma vida toda aos pobres e necessitados: “Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie;” Efésios 2:8-9

Parece simples o que Paulo nos ensina e na verdade é. Mas nossa capacidade imaginativa parece que não gosta de coisas simples, óbvias. Precisamos sempre emoldurar a simplicidade e dar ‘um toque’ sofisticado nela! E não foi diferente com esta pérola que Paulo nos ensina.  Agora convido-o, a tirar a moldura da sofisticação e prestar a atenção na simplicidade e grandiosidade do que Paulo nos fala. Ele está falando da essência do cristianismo: a Graça de Deus em nossas vidas!  É de graça mesmo, não custou nada e qualquer tentativa nossa de pagar ou comprar nossa salvação com obras é um insulto a Deus. É o mesmo que querer pagar um presente que você ganhou. Só que neste caso não é um presentinho corrupitível pelo tempo, é a própria vida eterna cheia de alegrias e a presença constante do Todo Poderoso e o Cordeiro de Deus (Apocalipse 21:22).

Está nos dizendo que não depende de uma vírgula sequer para sejamos salvos por Cristo. Que obra ou boa ação qualquer fará qualquer diferença em sermos ou não salvos por Cristo. A única coisa que realmente importa é a fé em Deus. E nem isto conseguimos ter por nós mesmo, “é dom de Deus” como o próprio versículo nos ensina.

Então, agora ficou fácil, posso pecar a vontade, já estou salvo mesmo! E nós adoramos pecar, qualquer um, temos um gosto enorme para isto, todos sem exceção, não há  um sequer que não tem prazer da carne em pecar.  Faz parte da nossa natureza caída, que somente será restaurada quando Cristo voltar (Atos 1:11; Hb 9:28).  Para quem tem fé, o dom que Deus nos deu, temos hoje um aliado Todo Poderoso, que é o Espírito Santo, o próprio Deus. E Ele é quem briga com a carne, o mundo e o diabo, por nós.  A partir do momento que o Espírito Santo está em nós, passamos a ser ramos da videira que é Jesus Cristo. E videira produz uva, não abóbora, abacaxi ou outro fruto, somente uva.

Então, para nós que estamos ligados  a Cristo pela sua exclusiva vontade e misericórdia (Ele que nos deu o dom da fé),  temos o desejo de produzir somente uvas, fazer as boas obras e boas ações para que a luz de Cristo brilhe através de nós para o mundo e sua glória se resplandeça em nós. É promessa Dele: ‘…Se alguém me ama, guardará a minha palavra, e meu Pai o amará, e viremos para ele, e faremos nele morada’  João 14:23

As vezes insistimos em sermos ramos de videira desgarrados e produzimos algumas uvas amargas, são os nossos pecados que ainda continuamos a praticar. Mas a seiva poderosa que é o sangue do Cordeiro, nos restaura novamente e logo as boas uvas, obras e ações são novamente produzidas para a glória de Deus. Por isto temos certeza da nossa salvação, ou seja, nossos pecados de antes já foram pagos na cruz e até os que ainda iremos fazer. Caso contrário, a cruz de Cristo teria sido em vão e lhe garanto: não foi, a Nova Jerusalém da Revelação (Apocalipse 21:1)  e o Cordeiro de Deus são reais. E a nossa certeza da vinda do nosso Rei é concreta. Esta é a diferença das obras realizadas por um crente, independente de religião e um religioso.

Então agora, marque a terceira opção acima e fique firme nela, até a volta do nosso Rei. Eu, você e todos os santos de Cristo, vamos estar juntos naquele maravilhoso Dia do Senhor. E livres da sua justa ira contra “os covardes, os incrédulos, os depravados, os assassinos, os que cometem imoralidade sexual, os que praticam feitiçaria, os idólatras e todos os mentirosos — o lugar deles será no lago de fogo que arde com enxofre. Esta é a segunda morte”. Apocalipse 21:8

Oração de hoje:  “Amado Deus, Todo Poderoso e Soberano Senhor, agradecemos por seu imenso amor por nós, os teus servos. Pela sua graça maravilhosa que nos concedeu através do seu Filho Jesus Cristo. Obrigado por pagar a nota promissória de nossos pecados, a qual para nós era impagável. E obrigado também por que nos separou para o Senhor e nos presenteou com seu Reino e a vida eterna junto com o Senhor e o Cordeiro, nosso Rei.  Em nome de Jesus oramos e agradecemos” amém.